FIT NEWS 20: ACADEMIAS SÃO SEGURAS? PESQUISA PROVA QUE SIM!

Confira nessa edição do Fit News: Nem um único caso de transmissão em mais de 6 milhões de acessos! Pesquisa enterra de vez o argumento que frequentar academias aumenta o risco de transmissão do coronavírus. Estudo canadense recomenda que fitness seja considerado prioridade nas políticas de combate às pandemias.

1.

“Garantir que os níveis de atividade física da população não diminuam deve ser tratado como uma prioridade de saúde pública no planejamento de resposta a quaisquer pandemias futuras”.

Essa é a recomendação de um novo estudo publicado na revista Frontiers of Psychology por pesquisadores da Universidade da Colúmbia Britânica no Canadá.

O estudo mostra que a diminuição acentuada nos níveis de atividade física devido ao COVID-19 pode ter sérias implicações de longo prazo para a saúde física e mental da população.

Segundo a Drª Katie Di Sebastiano, pesquisadora chefe do estudo, os resultados “demonstram claramente a necessidade de incluir as atividades físicas nas diretrizes públicas de saúde para enfrentar uma segunda onda de infecções ou futuras pandemias”.

No Brasil, legisladores e governantes, lamentavelmente, continuam tratando as academias como locais de “culto ao corpo” e, apesar de todas as evidências, desconsideram o papel que a prática regular de exercícios tem na saúde e no fortalecimento do sistema imunológico.

Diante disso eu me pergunto:

– Será que nossos legisladores e governantes estão mais bem preparados e tem mais conhecimento que os doutores-pesquisadores da Universidade da Colúmbia Britânica no Canadá?

Será? 😉

2.

A falta de informação, opiniões equivocadas e o preconceito retratam as academias e instalações de fitness como potenciais “locais de alto risco de transmissão” do COVID-19.

Agora, uma pesquisa realizada na Australia mostra definitivamente evidências concretas de que as academias NÃO SÃO locais perigosos para a transmissão do COVID-19!

A pesquisa registrou mais de 6,2 milhões de acessos em 423 academias nos últimos 2 meses.

Mesmo com todo esse volume de acessos, sabe quantos casos de transmissão comunitária de coronavirus foram identificados dentre os usuários das academias?

NEM UM ÚNICO CASO!

Atenção, porque isso tem que ficar muito claro: Os dados correspondem a mais de 6 milhões de acessos registrados em 423 academias.

3.

Juntamente com o estudo norueguês publicado em Junho de 2020, a pesquisa australiana joga uma “pá de cal” no argumento de que as academias são um local de elevado risco de transmissão do COVID-19.

Quem insiste em falar o contrário está usando argumentos que não encontram sustentação factual ou empírica e são baseados unicamente em suposições e no medo!

Essas duas variáveis (medo + suposição) formam uma mistura nefasta e explosiva chamada IGNORÂNCIA que, no dicionário, significa “falta de conhecimento ou saber” mas que também pode significar “incompetência”!

Ao invés de serem consideradas uma fonte de transmissão do COVID-19, as academias e os profissionais de Educação Física prestam um importante papel social na promoção da saúde física e mental da população.

Muitos governantes usam como justificativa para manter as academias fechadas a analogia de que estamos travando uma “guerra” contra o coronavirus.

Pois muito bem, nesse caso então, assim como outros profissionais de saúde, as academias – ao invés de ficarem atrás das trincheiras – deveriam estar na linha de frente no combate ao coronavirus!

Como disse uma vez o ex-presidente norte-americano John Kennedy:

“Esse é um desafio que estamos dispostos a enfrentar, que não aceitamos deixar para depois e um desafio que pretendemos vencer!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s