DOGMAS DO PASSADO

“Os dogmas de um passado de calmaria são inadequados para um presente tempestuoso. As dificuldades estão se amontoando e precisamos nos elevar acima dessas dificuldades. Como as condições que enfrentamos são novas, precisamos pensar, e agir, de uma nova maneira”

Abraham Lincoln, 1862.

No mundo de hoje, um mundo mais rápido e com mudanças mais drásticas do que nunca – impulsionado pelo ritmo implacável e exponencial da inovação tecnológica – velhos dogmas simplesmente não funcionam mais.

Pelo contrário. Ater-se a dogmas antigos pode ser fatal.

Mais de uma empresa, em mais de um segmento, já viraram “história” simplesmente pela demora, (ou recusa) em se adaptar à chegada do novo. Quem se lembra da Blockbuster, da Atari, da Kodak? Ou da Mesbla, das lojas Arapuã e da Soletur?

Apesar disso, muitos insistem em se apegar aos dogmas do passado para tentar dar sentido ao mundo de amanhã, só que olhando para ele através das lentes de ontem!

Na “terra brasilis” as academias presas aos dogmas do passado ainda se mantém ferrenhamente agarradas às seguintes práticas:

  • Insistem em fazer “telemarketing” e falar com as pessoas ao telefone.
  • Mantém uma obsessão fanática por “fazer vendas” e focam todos os seus esforços em trazer quem vem de fora (novas adesões).
  • Tem softwares antigos e ainda não ampliaram seus canais de contato para o mundo digital. O máximo que usam é Facebook e Whatsapp.

Enquanto isso há uma mudança JÁ EM CURSO não só no PERFIL mas principalmente no COMPORTAMENTO do consumidor que representam, simultaneamente, tanto uma oportunidade quanto uma ameaça para as academias e todos aqueles que vivem do negócio “fitness”.

Aliás, a “crise” (entre aspas mesmo!) no mercado de academias tem muito mais relação com essa mudança de perfil e comportamento do consumidor do que com as mazelas da economia!

Mas os “sinais” de mudança NÃO SÃO óbvios, e para muitos, difíceis de detectar, quanto mais entender!

Quer ter uma ideia?

Muito se fala dos “millennials” (ou “Geração Y”), e como eles impactam o negócio fitness. Mas na Inglaterra os “millennials” já NÃO SÃO o grupo etário que mais faz atividades físicas! Esse “posto” agora pertence a outra geração e é reflexo de uma tendência que vai mudar, em pouco tempo, o perfil dos frequentadores de academias.

Nos Estados Unidos, o mercado para as “low-cost” já dá sinais claros de estagnação devido à concentração dos “top players” e da boa e velha lei de Adam Smith. Alguns analistas já preveem uma sequência de fechamentos.

Segundo a Luth Research 60% dos norte-americanos já instalaram um aplicativo de fitness em seus celulares, e a probabilidade de uma pessoa ter um aplicativo desses aumenta com o peso corporal!

O Brasil é o terceiro país no mundo onde as pessoas ficam mais tempo nos smartphones. As pessoas já ficam cerca de 4 horas/dia (!) no telefone e 90% desse tempo em aplicativos.

Segundo a Cardlytics, uma empresa de “big data” que analisa transações de cartão de crédito, nos EUA o gasto dos consumidores com serviços de streaming (transmissão online) de aulas de ginástica praticamente já empatou com o gasto em academias (37% x 40%).

– Mas o que isso tudo significa para VOCÊ?

– O que você pode EXTRAIR de todos esses dados?

Mais importante: Qual o CURSO DE AÇÃO tomar para se manter RELEVANTE no seu mercado?

As decisões que você tomar HOJE vão impactar seu negócio e sua profissão AMANHÃ.

Para saber que direção tomar você precisa ter uma perspectiva panorâmica do mercado, ou seja, ver as coisas “de cima” para poder enxergar “para frente”.

Em outras palavras você precisa ter VISÃO ESTRATÉGICA!

Albert Einstein disse que “nós não conseguimos resolver problemas se mantivermos o mesmo nível de pensamento que tínhamos quando eles foram criados”.

Logo, para enfrentar os desafios do futuro você precisa elevar seus conhecimentos!

Agora você pode fazer isso por um preço MENOR QUE UM HAMBURGUER.

Visite o site da ACADEMIA LUCRATIVA e saiba mais.

“As palavras do passado pertencem ao idioma do passado, e as palavras do futuro aguardam uma nova voz”

T.S. Eliot

2 comentários sobre “DOGMAS DO PASSADO

  1. Grande Cleverson, parabéns !
    Assertivo, objetivo e didático.
    Traduzindo seu estudo e conhecimento para o leitor que está à frente de seu negócio e sem o tempo necessário para se aprofundar em conhecimento.
    Ter um estudioso como você ligado a empresa e os dois colocarem em prática as possibilidades futuras, é a melhor solução.
    Isso eu chamo de investimento, aproximar conhecimento da prática e como viabilizar financeiramente essa solução .

    Parabéns !!

    Curtir

    1. Olá Flávio! Mais uma vez muito obrigado pelas palavras e pelo feedback! Nosso mercado precisa mesmo que o gestor (se)capacite. Ao entender melhor seu negócio e as possibilidades que podem derivar dele, o gestor acaba por buscar mais apoio também fora da empresa (assessoria externa). É como dizem: “Quando se a maré sobe, todos os barcos sobem juntos”. Grande abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s